O ABISMO ENTRE O CÉU E INFERNO

O ABISMO ENTRE O CÉU E INFERNO
ANTEVISÃO

Enquanto não chega uma nova edição portuguesa , aqui deixamos o comentário à versão russa.

TÍTULO

THE GREAT DIVORCE

AUTOR

C. S. LEWIS

O título original do livro, em inglês, é The Great Divorce (já traduzido em português do Brasil, pela Editora Vida, como O Grande Abismo). Este titulo foi uma resposta a um livro – Casamento do Céu e do Inferno, uma obra de William Blake, contemporâneo de Lewis.

O GRANDE ABISMO conta uma história entre duas fações, aparente e completamente incompatíveis. Será que faz sentido escrever sobre tal assunto? Será que não sabemos quão longe está o céu do inferno?

Ter conhecimento e tê-lo de um modo consciente não é igual. O Rei David sabia que adultério e assassinato são pecados. Mas, para ter acesso ao seu coração, Deus teve que usar uma bela ficção. Através do profeta, Ele contou uma história em que David podia ver o reflexo de sua vida num espelho. Conhecia os princípios, mas não os identificava nele próprio. A ficção ajudou-o a olhar para ele próprio de maneira diferente.

Este livro também é uma fantasia, muito complexa, intrincada e muito colorida. Nele vai encontrar amigos, conhecidos, mas como se fossem “transparentes”. Vai ver motivos e pensamentos, e pode fazer um julgamento interior, a si mesmo, como fez o Rei David.

Aqui não vai encontrar os 10 passos para o sucesso, não há fórmulas nem esquemas. É uma ficção que irá provocá-lo a pensar. Eventualmente, não entenderá tudo, e vai ter que reler algumas partes. É a grande vantagem deste género – terá muito que ponderar. Não nos lembramos de conceitos, nem teorias, mas as histórias brilhantes que tocam no coração, vivem connosco. Por isso, Jesus contava tantas parábolas, e Natanael veio a David com uma história. Lewis escolheu a ficção para que nos víssemos ao espelho.

Se acha que é suficientemente radical no seu cristianismo, ou vice-versa, muitas vezes encontrando o perfeito equilíbrio entre o terreno e o celestial, pode procurar o seu espelho nesta obra. Esta grande história não vai deixá-lo indiferente.

POR ANDREY IVANISHCHEV E MARIYA IVANISHCHEVA
Casal, de origem Russo-Ucraniana, que vive em Lisboa