Mulheres em Missão

Mulheres em Missão
22 Testemunhos Actuais e Desafiantes

TÍTULO

MULHERES EM MISSÃO

AUTOR

BERTINA CÓIAS TOMÉ

Que testemunhos impactantes e inspiradores! Bertina Cóias Tomé, a autora, ela também com vivência no campo missionário, reuniu as revelações de 22 mulheres que fizeram da missão o sentido das suas vidas, e que não deixam indiferente quem conhece os seus relatos, desafios e conquistas. Histórias de coragem de quem dá a vida pelos outros, dando a conhecer Aquele que as faz mover, quantas vezes perante o desconhecido, mas confiantes de que o Amor que partilham é universal e toca o coração de com quem trabalham diariamente. 

DO BANGLADESH à Costa do Marfim, da Namíbia ao Sri Lanka, geralmente distantes da sua terra natal, a maioria adotou a comunidade onde vive como a sua casa. Uma boa parte daquelas que participaram nesta recolha estão em países africanos e asiáticos, mas também na Europa e América Latina. Duas das eleitas, contam a sua história sob anonimato, pois a ação evangelística é restringida, e mesmo penalizada, pelas autoridades locais. Regem o seu compromisso pela necessidade das pessoas, das crianças, dos doentes, dos que sofrem, dos sem-esperança!

É difícil realçar uma história em detrimento das outras, mas as circunstâncias que levaram uma das missionárias à Etiópia, dá bem conta das experiências e do que representa a sua dedicação. A trabalhar com crianças, filhos de leprosos, e com a reabilitação de prostitutas, Catarina viveu numa sociedade com muita desigualdade, onde mulheres e crianças são vendidas, por… 4 cêntimos!

No entanto, a dependência de Deus marca todos estes exemplos. Isaura Ribeiro, conta como um roubo consentido a deixou sem passaportes, mas através do qual viu a intervenção divina protegê-la, e à sua família. Esse impedimento salvou-os de serem vítimas de tumultos e violência contra estrangeiros que se desencadeou na sua cidade, enquanto estiveram retidos num país vizinho.

Como afirma uma missionária não identificada, que vive num país africano, “nunca digas nunca”!