Artigo Principal

Apesar de Marco Aurélio ser considerado um dos imperadores mais benevolentes anteriores a Constantino, os cristãos continuaram a ser perseguidos durante o seu reinado. Justino Mártir, por exemplo, foi decapitado no co-reinado de Marco Aurélio e Lúcio Vero, de acordo com os textos de Eusébio.

No entanto, não é claro até que ponto Marco Aurélio se envolveu pessoalmente nas perseguições. Sabemos que Marco Aurélio era visto de forma positiva pela igreja nos seus dias:  Tertuliano elogia o imperador no seu Apologético, a quem ele chama de “protetor” e “mecenas” da igreja, salientando a forma como ele intercedeu em favor dos cristãos.
Outros testemunhos igualmente positivos são a correspondência do próprio Marco Aurélio, onde ele retrata o milagre da Legião XII Fulminata, e a suposta presença de Apolónio o Apologista no senado romano enquanto Marco Aurélio fora imperador. Apolónio foi julgado e executado por ser cristão no reinado de Cómodo, filho de Marco Aurélio, considerado por muitos um  sucessor  incapaz de honra o legado do seu pai.
Apesar de tudo, Marco Aurélio era contra a postura cristã em relação a certos aspetos. Nas suas Meditações, o imperador critica a forma fanática como os cristãos abraçavam a morte em defesa da fé, o que ia deliberadamente contra a sua filosofia racionalista. A sua reflexão constante no cumprimento da lei e no valor do bem comum sobre o individual também podia ter em conta a igreja, que naquela época era uma minoria conhecida pela sua recusa em  prestar tributo aos deuses romanos e que dessa forma desafiava a lei de Roma, e por conseguinte, o poder do imperador.

A SABEDORIA DOS GRANDES LÍDERES

UMA ANÁLISE DO LIVRO DE ECLESIASTES E DAS MEDITAÇÕES DE MARCO AURÉLIO TÍTULO O LIVRO MAIS MAL-HUMORADODA BÍBLIA AUTOR ED RENÉ KIVITZ Quando pensamos em sabedoria, pensamos em pessoas cujas palavras transbordam de conhecimento útil para as nossas vidas. Filósofos,...

SABEDORIA: MARCO AURÉLIO E OS CRISTÃOS

Apesar de Marco Aurélio ser considerado um dos imperadores mais benevolentes anteriores a Constantino, os cristãos continuaram a ser perseguidos durante o seu reinado. Justino Mártir, por exemplo, foi decapitado no co-reinado de Marco Aurélio e Lúcio Vero,...

SABEDORIA: O LIVRO MAIS MAL-HUMORADO DA BÍBLIA

Eclesiastes é um livro conhecido pelo seu tom agridoce e aparentemente desencorajador (“tudo é vaidade!”), mas Ed René Kivitz propõe uma abordagem diferente em O Livro Mais Mal-humorado da Bíblia. Na sua releitura de Eclesiastes, Kivitz realça a forma como...

SABEDORIA: SALOMÃO E ECLESIASTES

A tradição judeo-cristã atribui a autoria do livro de Eclesiastes a Salomão, autor de Cânticos, da maioria de Provérbios e de outros escritos que não estão incluídos no Antigo Testamento. No entanto, muitos historiadores e teólogos têm vindo a rejeitar...

SABEDORIA: Temor a Deus

O “temor a Deus” é um dos conceitos presentes em Eclesiastes mais difíceis de entender, pois não se trata de temor como simplesmente “medo” ou “terror”. O temor a Deus é uma atitude de profunda reverência e apreensão em resposta à grandiosidade de Deus....