NOVOS LANÇAMENTOS DE EDITORAS BRASILEIRAS

BIBLION 5

MAIS LEITURA

TÍTULO

ABCS OF THE CHRISTIAN LIFE

AUTOR

G.K. CHESTERTON

HISTÓRIA DA REFORMA
CARTER LINDBERG

A história dos reformadores é
inspiradora e merece ser visitada em
detalhes. No seu 500º aniversário,
a editora Thomas Nelson Brasil
homenageia a Reforma Protestante
com uma obra que retrata tudo o que
se passou, desde então até a sua
repercussão nos tempos atuais.
História da Reforma, escrito pelo
professor e estudioso norte-americano
Carter Lindberg, especialista em
Reforma Protestante, é um retrato
completo da proposta feita pelo
icónico Martinho Lutero no século XVI.
Sem ignorar qualquer contexto, o autor
aborda a sociedade, religião, economia,
política e os inúmeros personagens
desse movimento, todos fatores
fundamentais para que a Reforma
tomasse o seu rumo e transformasse
a Igreja cristã. 


HISTÓRIA DA REFORMA, DE CARTER LINDBERG. PUBLICADO POR ED. THOMAS NELSON BRASIL

UMA NOVA REFORMA
24 AUTORES

Celebrando cinco séculos da Reforma
Protestante, a Editora Mundo Cristão
convidou 24 autores à reflexão sobre
o cenário atual, desafiando-os a
apresentarem propostas.
De origens diversificadas, o que vem
enriquecer o produto final deste
livro, os escritores fundamentam as
suas ideias sobre o que carece de
reforma na igreja de hoje, bem como
anteveem as consequências que esse
reposicionamento traria à igreja e à
sociedade em geral.
Com um rico painel de colaboradores,
alguns bem conhecidos em Portugal,
como Ed René Kivitz, Luiz Sayão,
Maurício Zágari (entrevistado na
Biblion nº4), ou Russell Shedd, tratase
certamente de um documento que
instigará todos quantos trabalham em
prol de uma comunidade renovada,
melhorando no seu compromisso e
seguindo a Cristo. 


UMA NOVA REFORMA, PUBLICADO POR ED. MUNDO CRISTÃO

EVANGÉLICOS, CATÓLICOS E OS OBSTÁCULOS À UNIDADE
MICHAEL S. HORTON

Não terá chegado a hora de católicos
romanos e evangélicos finalmente
porem de lado suas diferenças e fazer
frente, de mãos dadas, ao secularismo?
Por que esses dois grupos ainda estão
divididos depois de tantos séculos?
Os luteranos e os católicos romanos
já não se uniram, publicando uma
declaração de unidade? Ou, como Mark
Noll pergunta, “A Reforma acabou?”.
Neste livro pequeno, mas de profunda
reflexão, Michael Horton pergunta se os
evangélicos podem ser considerados
católicos e se os católicos romanos
podem ser considerados evangélicos.
Em seis breves capítulos, ele ajuda
o leitor a navegar por essas águas
turbulentas, chegando à conclusão
de que não apenas a Reforma foi
necessária há quinhentos anos, mas
que este debate ainda é importante e
válido para os dias atuais. 


EVANGÉLICOS, CATÓLICOS E OS OBSTÁCULOS À UNIDADE, POR MICHAEL S. HORTON, PUBLICADO POR ED. VIDA NOVA

TEOLOGIA DA REFORMA
MATTHEW BARRETT

Há 500 anos, a Igreja foi agitada por
alguns personagens que propunham
mudanças cruciais no cristianismo:
os reformadores. Defendendo
doutrinas como a justificação pela fé,
a autoridade das Escrituras e a graça
de Deus na salvação, eles enfrentaram
as práticas religiosas vigentes e
desafiaram dogmas estabelecidos há
séculos na que ficou conhecida como
Reforma Protestante.
No livro Teologia da Reforma, Matthew
Barrett reuniu uma equipa de teólogos
e historiadores para falar sobre as
doutrinas ensinadas e defendidas
pelos reformadores. Michael Horton,
Gerald Bay, Michael Reeves, Carl
Trueman e muitos outros organizam
um documento valioso para os cristãos,
convocando-os a aprender com os
líderes da Reforma e apoiarem-se nas
doutrinas baseadas na Bíblia que têm
sido passadas de geração em geração. 


TEOLOGIA DA REFORMA, POR MATTHEW BARRETT, PUBLICADO POR ED. THOMAS NELSON BRASIL

JOÃO CALVINO
SÉRIE CLÁSSICOS DA REFORMA

A série Clássicos da Reforma vem
disponibilizar aos interessados na
teologia protestante uma seleção
representativa de textos dos
principais expoentes da Reforma
do século XVI. Lutero, Melâncton,
Calvino e Zuínglio são apenas
alguns dos pensadores cujos escritos,
na maioria inéditos em português,
serão contemplados. Neste volume,
traduzimos diretamente dos
originais franceses, seis obras
importantíssimas não apenas na
Reforma protestante do século 16,
mas na história do pensamento
cristão. São elas:
• Epístola ao cristianíssimo Francisco,
primeiro desse nome, rei de França:
na qual se demonstram as causas dos
problemas que ocorrem hoje na igreja
(1535)
• João Calvino ao Cardeal Jacó
Sadoleto: resposta à Epístola do
cardeal Jacó Sadoleto enviada ao
Senado e ao povo de Genebra: pela
qual ele trata de sujeitá-los ao poder
do bispo de Roma (1539)
• Pequeno tratado da santa ceia
de nosso Senhor Jesus Cristo: no
qual se demonstram sua verdadeira
instituição, seu proveito e sua
utilidade, com a razão por que vários
autores modernos parecem ter escrito
diferentemente (1540)
• Tratado das relíquias (1543)
• Desculpas de João Calvino aos
senhores nicodemitas, que se queixam
de seu excessivo rigor (1544)
• Sobre os escândalos que hoje
impedem muitos de alcançar a pura
doutrina do evangelho e desviam
outros (1550) 


JOÃO CALVINO, PUBLICADO POR ED. VIDA NOVA

COMENTÁRIO HISTÓRICO-CULTURAL DA BÍBLIA:
Novo Testamento
CRAIG KEENER

Para entender e aplicar bem a
Bíblia, duas fontes de informação
são fundamentais: a própria Bíblia
e a compreensão apropriada do
ambiente cultural da passagem que
você está lendo. Somente depois
de conhecer o contexto cultural da
passagem em questão é que você
entenderá os interesses e o propósito
originais do autor. Alicerçado sobre
o fruto de trinta anos de estudo
aprofundado, esta obra apresenta
os antecedentes históricos, sociais e
religiosos de todo o Novo Testamento.
Também inclui um glossário de termos
culturais e personagens históricas
importantes, além de mapas e tabelas,
bibliografia atualizada e ensaios
introdutórios sobre o ambiente
histórico-cultural por trás de cada livro
do Novo Testamento.
Publicada anteriormente sob o título
Comentário bíblico Atos: Novo Testamento
(1ª Edição).


COMENTÁRIO HISTÓRICO-CULTURAL DA BÍBLIA, DE CRAIG KEENER, PUBLICADO POR ED. VIDA NOVA

A PRIMEIRA-DAMA DA REFORMA
RUTH A. TUCKER

Catarina von Bora nunca escreveu
nenhum livro nem pregou nenhum
sermão, mas a sua inestimável ajuda
possibilitou que o marido, Martinho
Lutero, o fizesse.
Abandonada pelos pais num convento,
aos cinco anos de idade, aprendeu
latim numa época em que muitas
mulheres não sabiam ler, nem mesmo
na sua própria língua. Uma mulher
nada convencional para a sua época,
Catarina foi a personagem mais
indispensável da Reforma alemã
depois do próprio marido.
Com relatos da vida de Catarina Von
Bora, A primeira-dama da Reforma
escrito por Ruth Tucker e publicado
pela Thomas Nelson Brasil, mostra
que, passados 500 anos, a história
da mulher que transformou a vida
de Lutero ainda é surpreendente e
relevante – e a sua personalidade
única permanece moderna mesmo nos
dias de hoje.


A PRIMEIRA-DAMA DA REFORMA, DE RUTH A. TUCKER, PUBLICADO POR ED. THOMAS NELSON BRASIL

BÍBLIA SAGRADA NVT
NOVA VERSÃO TRANSFORMADORA
EDIÇÃO COMEMORATIVA
500 ANOS DA REFORMA PROTESTANTE

A NOVA VERSÃO TRANSFORMADORA
(NVT) resgata o prazer na leitura da Bíblia
Sagrada, graças à cuidadosa escolha de
palavras no português (BR) contemporâneo
que expressam com a máxima fidelidade os
textos escritos em suas línguas originais,
proporcionando o entendimento da Palavra
de Deus com extraordinária clareza.


A PRIMEIRA-DAMA DA REFORMA, DE RUTH A. TUCKER, PUBLICADO POR ED. THOMAS NELSON BRASIL
Baseado em conteúdos disponibilizados pelas editoras e agências, diretamente ou através as suas plataformas digitais