AUTOR, TEÓLOGO E ORNITÓLOGO

TÍTULO

OS PÁSSAROS, NOSSOS MESTRES

AUTOR

JOHN STOTT

PREÇO EDITOR/IMPORTADOR

5,00 €

5,00

COMPRAR

COD BB-1017

por Rui Vieira

Colaborador

APRENDER ATRAVÉS DOS PÁSSAROS


John Stott atribui em grande parte o seu fascínio pelas aves ao seu pai, cardiologista londrino e botânico nos tempos livres. Desde cedo, Stott foi incentivado pelo pai a observar a natureza, um passatempo que em breve se tornou uma paixão. Essa paixão acompanhou-o aonde quer que fosse, ao longo de quase noventa anos; este livro é, sem dúvida, o legado dessa mesma paixão.


 

John Robert Walmsley Stott, nasceu na cidade de Londres, no dia 27 de Abril em 1921. Filho de Arnold e Lily Stott, foi o único rapaz entre os 4 filhos do casal. A sua mãe desde bem cedo o levou a frequentar a igreja Anglicana All Souls Lagham Place, que ficava muito próxima da sua casa. A sua mãe também o ensinou a orar desde pequeno, enquanto o seu pai, Arnold Stott, um importante e dedicado médico da época, que exercia a sua profissão na conhecida Harley Street. A sua cosmovisão não era cristã, pelo contrário, o Dr. Stott era um verdadeiro agnóstico.

Arnold Stott enviou o seu filho John para Rugby School, uma das escolas privadas mais conceituadas do país. Na pré-adolescência, já demonstrava grandes qualidades académicas e de boa conduta. Nesta escola, os jovens eram treinados para valorizar a hierarquia, o respeito e a disciplina conforme os valores da classe média/alta.

Num domingo, em fevereiro de 1938, a Rugby School recebe a visita de um Sacerdote Anglicano, Eric Nash. Conforme se pode observar nos seus escritos, o encontro com Eric Nash mudou completamente a sua vida. A mensagem pregada por Nash tocou fortemente no coração de Stott e quando a noite daquele domingo chegou, ajoelhou-se na sua cama, e fez a oração do perdido, a oração do aflito, a oração daquele que se apercebe, por meio da graça, que afinal tudo está em Cristo. Esse foi o momento que Deus escolheu para os dois se encontrarem frente a frente.

Estudou Línguas Modernas na Universidade Trinity, de Cambridge. Aos 24 anos, foi ordenado pela Igreja Anglicana e iniciou o seu trabalho de Sacerdote na mesma Igreja onde Lady Lily o levava na infância, All Souls Lagham Place.

John Stott, escritor de mais de cinquenta livros, um dos teólogos mais importantes, marcantes e que influenciaram o último século. Claro defensor da singularidade de Jesus Cristo, acredita que Cristo é o único meio para a Salvação, acreditando também que Jesus é a chave hermenêutica, e que a proclamação do evangelho deve ser centrada em Cristo.

Um dos principais autores do Pacto de Lausana, em 1974, Stott teve um estilo de vida simples. Viveu 37 anos num apartamento T2 construído por cima da garagem da sua igreja.

Em 2005, a revista Time classificou-o como uma das 100 pessoas mais influentes do mundo. Faleceu no dia 27 de julho de 2011, em Surrey, Inglaterra, no College of St. Barnabas.  BluMarkB15X23